maio 4, 2017

Posted by in Noticias | 0 Comments

Atacante do CSA faz falta violenta e árbitro deixa passar

Atacante do CSA faz falta violenta e árbitro deixa passar

entrada dura CSA CRB

Comentarista de arbitragem da TV Gazeta diz que lance envolvendo Vanger e Neto Baiano era para cartão vermelho direto. Galo vence jogo por 1 a 0 e abre vantagem

Um lance chamou muito a atenção no segundo tempo do clássico entre CRB e CSA, neste domingo, no Rei Pelé. O Galo vencia a primeira partida da decisão do Alagoano por 1 a 0 e, aos seis minutos, o atacante Vanger deu uma entrada muito violenta em Neto Baiano. Foi por cima, com as travas da chuteira na perna esquerda do centroavante do CRB. Árbitro da Fifa, Wagner Nascimento Magalhães (RJ) nem marcou falta. O comentarista de arbitragem da TV Gazeta, Flávio Feijó, disse que ficou muito barato. Era lance para expulsão direta.

– A sorte é que o árbitro não viu. É lance para cartão vermelho direto. Não tem nem que discutir. Por pouco o atleta do CRB não sofreu uma lesão grave – comentou Flávio.

O Galo venceu o clássico por 1 a 0, gol de Neto Baiano, no primeiro tempo, e abriu vantagem na decisão do Campeonato Alagoano. Domingo, joga pelo empate contra o rival, também no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O Azulão precisa vencer por dois gols de diferença. Se devolver a derrota por um gol, vai forçar a prorrogação.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *