maio 15, 2017

Posted by in Noticias | 0 Comments

Fiz e posso fazer: Galo estreia na Série B inspirado na campanha de 2016

ze_carlos_crbAno passado, CRB ficou na sétima posição e disputou a vaga para a Série A até as últimas rodadas. Time joga nesta sexta, contra o Ceará, na abertura da competição

CRB fez a torcida sonhar em 2016. Com 58 pontos, o time emplacou a sua melhor campanha nos modes atuais do Brasileiro e ficou muito perto do acesso. A torcida percebeu que a chegar à Série A é difícil, mas está longe de ser impossível. Nesta temporada, o Galo tem uma nova referência na competição e até conhece o caminho. A estreia está marcada para esta sexta, às 19h15, contra o Ceará, no Rei Pelé.- A Série B é uma competição pesada, com adversários com investimento alto. E a gente tem que ter o máximo de capacidade: se a gente vencer em casa e buscar pontos fora, com certeza, vai brigar na parte de cima da tabela – comentou Léo Condé, treinador do Galo.

No ano passado, as dez primeiras rodadas foram decisivas para a boa campanha. Com seis vitórias, o CRB somou 18 pontos e entrou no G-4. As quatro vitórias seguidas na reta final do turno aumentaram a expectativa pelo acesso. Na 18ª rodada, a derrota para o Brasil de Pelotas, em casa, quebrou a sequência positiva do time. O Galo encerrou o primeiro turno na terceira posição, com 33 pontos. Foi a primeira vez que o clube terminou o turno entre os quatro colocados da Série B (nos moldes atuais).

No segundo turno, as dez primeiras rodadas atrapalharam a campanha. O CRB venceu apenas uma partida, empatou cinco e somou oito pontos. Na reta final, o time repetiu o desempenho do primeiro turno e somou 15 pontos. O Galo acabou a Série B na sétima posição, com 58 pontos

Mexidas na escalação

Em 2016, o CRB passou por mudanças da final do estadual para as primeiras rodadas da Série B. O técnico Mazola Júnior tirou um volante para jogar com mais um meia na armação. O Galo jogou a primeira partida, contra o Londrina, com: Juliano; Bocão, Audálio, Diego Jussani e Diego; Olívio, Rivaldo, Gérson Magrão e Dakson; Luidy e Neto Baiano. Três foram titulares na última rodada (Neto, Luidy e Magrão) e dois saíram do clube antes do término da competição (Dakson e Rivaldo). O time venceu por 1 a 0, fora de casa, gol do atacante Luidy.

Para a estreia de 2017, Léo Condé deve manter a equipe para a estreia na Série B: Juliano; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri, Edson Ratinho e Chico; Mailson e Neto Baiano. A linha defensiva e Neto Baiano são os remanescentes de 2016.

Reforços e dispensas

O CRB fez muitas alterações no elenco da Série B do ano passado. Na reformulação após o Alagoano, sete jogadores foram contratados e seis chegaram durante a competição. O atacante Zé Carlos e o meia Gérson Magrão foram os principais reforços. Quatro foram dispensados depois do estadual e seis no decorrer do Brasileiro.Nesta temporada, foram anunciadas até agora quatro contratações: goleiro Edson Kolln e os meias Élvis, Rodolfo e Erick Salles. O CRB segue no mercado para reforçar o time e dispensas também devem acontecer. Os meias Jocinei e Sérgio Mota foram os primeiros a deixar o elenco. Diferentemente do ano passado, a direção não fez dispensas antes do Alagoano acabar.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *