jun 14, 2017

Posted by in Noticias | 0 Comments

Jogadores do CRB avaliam derrota para o Oeste, mas já pensam no Brasil de Pelotas

Jogadores do CRB avaliam derrota para o Oeste, mas já pensam no Brasil de Pelotas

crb contra jardim de pelotasEdson Ratinho e Rodolfo afirmam que não há tempo a perder e destacam dificuldade para encarar os gaúchos, terça-feira, às 21h30, no Rei Pelé.

Após 15 partidas, caiu a invencibilidade do CRB, algo que já durava mais de 80 dias. A derrota para o Oeste por 2 a 0 na última sexta-feira ainda é tema de conversa no ambiente regatiano. Porém, é preciso levantar a cabeça, olhar para a frente e seguir na Série B do Campeonato Brasileiro.

O lateral Edson Ratinho, que foi substituído no intervalo da partida contra os paulistas, avaliou o resultado negativo na Arena Barueri. Ele assegura que o momento agora é de pensar no Brasil de Pelotas, próximo adversário regatiano na competição nacional.

– Não tivemos o resultado que gostaríamos na última rodada contra o Oeste. Agora é hora de recuperar. O Brasil de Pelotas é um adversário complicado, que vai dar muito trabalho para nossa equipe nesta partida. Temos que fazer um jogo de muito equilíbrio para voltarmos a vencer na Série B – disse.

Ele também destacou a dificuldade de atuar na Segundona e deu a dica para a equipe de Léo Condé continuar brigando pelas primeiras colocações da tabela.

– A Série B não tem jogo fácil. Esse ano o equilíbrio tem marcado este início de competição. Acredito que será assim até o fim dela. Temos que estar sempre pontuando para brigarmos pelo acesso. Nosso foco é esse. O grupo vai atrás deste objetivo – assegurou.

Rodolfo também falou com o GloboEsporte.com e mostrou que a força vinda das arquibancadas pode ser o diferencial da equipe do técnico Léo Condé no próximo compromisso.

– Vamos em busca da recuperação nesta partida contra o Brasil de Pelotas. Dentro de casa é importante sempre vencer. Bater o CRB no Rei Pelé será difícil nesta Série B e isso pode ser fundamental na briga pelo acesso. Temos que fazer do nosso estádio um verdadeiro caldeirão para os adversários – apontou.

 O jogador de 24 anos ainda elogiou o elenco do Galo e garantiu que está trabalhando forte para buscar uma vaga no time principal.

– O CRB tem um grupo e qualidade e que todos podem ser titulares. Estou trabalhando muito para ajudar. Meu foco é esse. Nosso elenco não tem essas vaidades. Todos aqui querem o bem do clube e a conquista de um só objetivo ao fim deste ano: a vaga na Série A – concluiu.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *