maio 15, 2017

Posted by in Noticias | 0 Comments

Técnico Léo Condé conquista o primeiro título da carreira no CRB

Técnico Léo Condé conquista o primeiro título da carreira no CRB

Léo condé títuloTreinador regatiano destaca qualidade do adversário e fala em persistência após as eliminações das Copas do Brasil e do Nordeste. Ele também elogia o elenco

CRB conquistou o tricampeonato, e o técnico Léo Condé chegou ao primeiro título profissional de sua carreira. Aos 39 anos, o mineiro levou ao Galo a mais uma vitória diante do arquirrival, mesmo com o Estádio Rei Pelé tomado pelo azulinos. Após a finalíssima, o treinador, ainda no gramado, comentou a conquista especial.

– O último tricampeonato [do CRB] foi quando eu nasci, em 1978, acho que eu estou bem velhinho já (risos). Então, não resta dúvida que é uma satisfação muito grande participar dessa história bonita do CRB, conseguimos ser muito competentes nos dois jogos e o adversário valorizou muito a nossa conquista – disse.

Depois de tantos confrontos contra o CSA na temporada, o técnico do Galo citou a necessidade de conhecer bem o adversário para encaixar a melhor estratégia. Ele elogiou também o comprometimento do elenco regatiano.

– Algumas situações que aconteceram nós conseguimos superar. Você fazer muitos jogos estudando o adversário, o adversário nos estudando, e acabou que na final nós conseguimos nos sobressair. Mas mérito muito grande dos jogadores, eu falei com eles que a equipe adversária nos conhecia, e nós os conheciamos também; então, seria um jogo de xadrez e muito de confrontos de um contra um ali. Então, quem tivesse garrafas mais vazias para encher, seria o vencedor. Os nossos jogadores foram competentes nesses confrontos aí, não desmerecendo o adversário, que dignificou a nossa conquista, mas nessa reta final o CRB cresceu muito, fez bons jogos e eu acho que foi merecedor desse título.

 Léo Condé ainda lembrou os tropeços do Galo nas Copas do Brasil e do Nordeste, mas fez questão de apontar o que foi decisivo para o CRB manter a determinação até chegar ao tricampeonato.

– É a persistência! Os jogadores continuaram trabalhando mesmo nos momentos adversos, nós tivemos capacidade para continuar trabalhando e, nesse último mês, a equipe deu um salto muito grande e foi merecedora da conquista – finalizou.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *